Ave Maria

Erotides de Campos

Ouça a canção com gravações em tempos bem diferentes.

Cai à tarde tristonha e serena
Em macio e suave langor
Despertando no meu coração
A saudade do primeiro amor

Um gemido se esvai lá no espaço
Nesta hora de lenta agonia
Quando o sino saudoso murmura
Badalada da Ave Maria

Sinos que cantam com mágoa dorida
Recordando em toda a aurora da vida
Cabe ao coração paz e harmonia
Na prece da Ave Maria

No alto do campanário
Uma cruz simboliza o passado
E o amor que já morreu
Deixando um coração amargurado.

Augusto Calheiros(1939)

Carlos Jose(1967)

Peruzzi e sua Orquestra(1963)

Tags: Ave / calheiros / Erotides / José / Maria / Peruzzi /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *