Balanço zona sul

Tito Madi

Em 1964 eu já tinha formado um trio com os amigos Benê (no piano e flauta) e Nelsinho (contrabaixo). Ainda amadores e éramos cada vez mais requisitados para apresentações em colégios e festas. Surgiram os primeiros convites para apresentações na televisão e como consequência a pressão para nos profissionalizarmos aumentava. Inspirados pela minha vivência de samba e jazz no “Juão Sebastião Bar”, mudamos o nome do conjunto para “Bossa Jazz Trio”.

Algum tempo depois, fomos convidados a participar de um show no colégio Mackenzie, onde, entre várias revelações, apresentaram-se, no início de suas carreiras, Toquinho e Chico Buarque de Holanda. O show do Mackenzie foi um marco na história do “Bossa Jazz Trio”, pois foi lá, como resultado da nossa performance, que fomos convidados pelo produtor de discos do selo RGE/Fermata, Manoel Barenbein, a gravar nosso primeiro disco.

Gravamos “Balanço Zona Sul”, de Tito Madi, em um compacto simples (eram discos com duas músicas que tocavam em 45 rpm) (ouça adiante!). Para nossa felicidade a música foi um sucesso de vendas, o que levou Barenbein a nos convidar para gravar um LP completo com 12 músicas. A canção “Balanço Zona Sul” foi relançada no CD O Melhor da Bossa nº 6, pela RGE Discos, em comemoração dos 30 anos de Bossa Nova.

“Depoimento de José Roberto Sarsano, o baterista da primeira formação do Bossa Jazz Trio”.

Bossa Jazz Trio(1964)

 

X.X.X.X.X.X.X.X

 

Mais charmosa que a garota de Ipanema, a moça que balança toda pra andar de Tito Madi, pra mim é a melhor tradução da garota brasileira. Essa música se chama “Balanço Zona Sul” e tem gravações incríveis por Wilson Simonal, Sylvia Telles e Elza Soares feitas na época de seu lançamento, 1964. Agora Simoninha gravou com o BossaCucaNova numa versão ao vivo e cheia de balanço (ouça e veja adiante!). Muito boa mesmo. Ele já havia incluído essa pérola em seu repertório mas ganhou muito aqui com a versão de Marcelinho Dalua, Marcio Menescal e Alexandre Moreira. O BossaCucaNova faz esse trabalho de usar as bases originais e acrescentar batidas, baixo, guitarra, novas vozes, aos clássicos do samba e da bossa. No primeiro cd tiveram a participação de Roberto Menescal e a cantora Cris Delanno é a voz oficial da banda, mas outras várias se juntam à eles pra fazer essa festa dançante que arrasa em palcos do mundo todo. Eu mesma os vi certa vez na França, em Cannes, e pude presenciar o sucesso absurdo com os gringos – além de dançar muito em todas as vezes que vou aos shows. Claro!

Extraído de http://blogs.estadao.com.br/patricia-palumbo

Simoninha & Bossacucanova ao vivo(2008)

Tags: balanço / Bossacucanova / Jazz / madi / Simoninha / sul / zona /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *