Doce de pimenta

Rita Lee & Roberto de Carvalho

Existem algumas amizades que, em algum momento da história, podem parecer improváveis. E em outro, necessárias. Foi assim com Elis Regina e Rita Lee. Quem conta é a própria Rita. “A gente tinha se cruzado várias vezes durante os festivais da Record e ela odiava Mutantes. Aquela coisa de rock´n´roll, guitarra.” E para Rita, era claro que “ela não queria fazer amizade”.

Mas em 1976, Rita Lee foi presa acusada de porte de maconha. E aí que aconteceu a surpresa. “A primeira e única pessoa que foi me visitar na cadeia: Elis. Ameaçando chamar a imprensa. Ficou plantada ali e não se contentou até me ver. Jamais esperei por isso.” Quando Rita foi liberada, começou uma grande amizade. “Ela saiba que eu tinha saído sem grana nenhuma e me pediu músicas”. A primeira dela: “Doce de Pimenta”. Que brinca com o apelido de “Pimentinha” que Elis tinha ganho de Vinícius de Moraes. “Eu pensei muito em você naquela época em que fiquei presa, a gente se sente super sozinha. E pensei: “se essa é uma a pimenta é uma pimenta muito doce!”, diz Rita para Elis no especial em que a música foi mostrada, na TV Bandeirantes em 1979 (veja abaixo!).
Extraído de http://www.maria-rita.com

Tags: doce de pimenta / elis / rita lee /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Marcus Vinícius Menna Barreto Galvão disse:

A sempre genial Rita Lee com o manancial de talento da Ellis, compartilhado também com Alô Marciano…