O amor em paz

Tom Jobim & Vinícius de Moraes

Ouça a canção com gravações em tempos bem diferentes.

Eu amei,
E amei ai de mim muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar

Foi então
Que da minha infinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você
A razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais,
Nunca mais
Porque o amor
É a coisa mais triste
Quando se desfaz
O amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz.

Agostinho dos Santos & Waldemiro Lemke e Orquestra (1960)

Tania Alves(2003)

Trio Surdina(Os Romanticos)(1963)

Tags: agostinho / amor / Jobim / Paz / Românticos / Surdina / Tania / Vinicius /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *