Prelúdio prá ninar gente grande

Luiz Vieira

Gravação Copacabana, lançada por volta de abril de 1962 no 78 rpm n.o 6382-A, matriz M-3276, sendo também faixa de abertura do LP “Encontro com Luiz Vieira” (ouça adiante!). Nessa época, para dar conta de seus programas na televisão, em várias capitais, Luiz vivia voando. Além do desgaste das viagens e das apresentações, não havia como escapar das recepções dos amigos e passeios. Tirava seus cochilos no avião Viscount, da VASP (Viação Aérea São Paulo), cujas asas oscilavam como as de um passarinho e as turbinas roncavam em escala cromática, segundo lhe parecia. Juntando tudo, Luiz Vieira compôs mais este clássico de sua obra e da MPB.

Extraído da “Minhateca” de Samuel Machado Filho.

Luiz Vieira(1962)

 

X.X.X.X.X

 

Um dos maiores sucessos de Luíz Vieira é “Prelúdio para ninar gente grande”, mais conhecido como “Menino passarinho” em razão do verso “sou menino passarinho com vontade de voar”. Tal como “Menino de Braçanã” outro êxito de Vieira (Confira em ‘A canção contada’), “Menino passarinho” é uma canção sentimental, de letra meio pitoresca (“Quando estou nos braços teus / sinto o mundo bocejar”), mas que também sugere um clima místico-romântico acentuado pela interpretação contrita do autor, a melhor entre as várias versões gravadas (confira em ‘O tempo não apagou’) (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Extraído de http://cifrantiga3.blogspot.com.br

 

 

Tags: gente / grande / Luiz Vieira / ninar / preludio /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *