Zelão

Sergio Ricardo

Maior sucesso de Sérgio Ricardo, foi composta quando o autor assistiu a um deslizamento na pequena favela em frente à sua janela, que soterrou vários barracos. Foi gravada também por Helena de Lima, Os Cariocas, Elis Regina, André Penazzi (confira em ‘O tempo não apagou’), Elza Soares, Paulinho Nogueira, Carolina Cardoso de Menezes, O Quarteto, Waleska, Renato de Oliveira e Orquestra, Paulo Roberto, Celso Murilo, Don Robert, Eduardo Conde, Alcione, etc.

Extraído de http://saocoisasnossas.blogspot.com.br/

 

X.X.X.X.X

 

Samba de exclusiva autoria de Sérgio Ricardo, que se inspirou em uma figura real de Marília (SP), terra natal do cantor-compositor, e transposta para uma favela do Rio de Janeiro. Surgido em pleno apogeu da bossa nova, gênero preocupado com aspectos burgueses da zona sul carioca, “Zelão” deu uma guinada total nessa tendência, enfocando temas sociais (saindo da zona elegante, foi bater às portas da favela). Gravação Odeon de 5 de abril de 1960, com suporte orquestral de Lindolfo Gaya, lançada em junho seguinte no 78 rpm n. 14633-B, matriz 14151, e depois incluída no LP “Não gosto mais de mim – A bossa romântica de Sérgio Ricardo”, o primeiro dele como intérprete (ouça adiante!). Grande sucesso, teve regravações por Noite Ilustrada, Lana Bittencourt, Os Cariocas (confira em ‘O tempo não apagou’), Alcione, Elza Soares e pelo próprio Sérgio Ricardo, entre outras. Direitos fonográficos reservados à Universal Music Ltda. ISWC: T-039051254-5. 1960 – Odeon 14633-B, matriz 14151 – Sérgio Ricardo – Zelão

Extraído de Samuel Machado Filho

Sergio Ricardo & Coro & Lindolfo Gaya e Orquestra(1960)

 

 

Tags: Gaya / Ricardo / Zelão /
  • Compartilhe:

Escreva um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *